Escritora de textos que expressam o Cotidiano & Seus Clichês, que acometem à todos nós.

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

https://www.facebook.com/joanytalon
Eu admito que embora não saiba discorrer sobre tantos assuntos assim, o que brota do meu peito, são escritos sinceros e faço-os como refúgio de mim mesma.
Pode ser clichê, muito comum falar de "amor que rima com dor", "saudade que invade"... mas não é assim mesmo?
E é disso que eu mais entendo, daquele amor unitário, que sobrevive do seu próprio sofrimento, daquela saudade malvada que insiste em f
isgar a gente.
E não tem jeito não, eu começo a escrever, choro, sinto tudo saindo de mim para atingir outros também, é normal pessoas se identificarem por sentimentos, mesmo que aqueles mais doídos.
Mas calma, eu não acredito que o amor e saudade só rimem com dores e sofrimentos, afinal eu ainda acredito muito, do fundo desse peito calejado de que a realização no amor é possível sim e a saudade será passageira.
Eu continuo fazendo tantos planos...eu continuo escrevendo, me expressando e acima de tudo me conhecendo.
Joany Talon

Um comentário: