Escritora de textos que expressam o Cotidiano & Seus Clichês, que acometem à todos nós.

domingo, 26 de maio de 2013


* O outono existe na gente
Conhecer o outro exige paciência, empatia, vontade de pisar no que ainda não sabemos como é.
Curiosidade.
E viver um pouquinho a vida do outro é algo muito consubstancial, sem garantias.
Ninguém pode ir com tudo dividir a conta do jantar, a cama de solteiro, o hálito matinal achando que isso torna segura a relação.
O pra sempre as vezes tem fim.
É preciso muito cuidado, e ir na ponta dos pés no terreno desconhecido.
A gente tende a imaginar que tudo será flores por tempo indeterminado,
mas assim como as estações do ano, existe o outono nos relacionamentos,
o momento em que as flores caem e se tornam adubo pro solo desgastado.
A primavera é algo maravilhoso, florido e renova as esperanças,
mas precisa de um período longo pra chegar de novo.
Por isso que eu digo vivamos de acordo com a estação presente,
sem atropelar o clima e confundir as sensações.

Joany Talon

Nenhum comentário:

Postar um comentário