Escritora de textos que expressam o Cotidiano & Seus Clichês, que acometem à todos nós.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

É nos estreitos da vida que alargamos a Fé.

É nos estreitos da vida que alargamos a Fé.

Sabe aquela noite em que a gente deita cedo pra acordar bem, 
e dorme a noite toda na esperança de ter uma energia renovada ao levantar, 
abrir os olhos com toda expectativa que os bons fluídos indicam?
Então, às vezes falha, 
a gente dorme como a Bela Adormecida aproximadamente 10 horas ininterruptas 
de sono, só que amanhece com um peso desconhecido, 
o mundo resolveu grudar nas nossas costas 
como uma mochila de camping com mantimentos para 10 dias. 
Os olhos ficam cerrados demais, a cama se torna o refúgio perfeito e 
necessário pra fugir de tudo que anda a perturbar com o que ainda não sabemos o nome.
Sabe quando a gente decide que a oração é o único meio de expulsar as negatividades 
que tentam nos assolar, mas a gente não encontra um meio de começar, 
muito menos o início pra clamar? 
Deus mostra, simples assim, 
é como se brotasse em nossas mentes as palavras que precisamos proferir, 
devolvê-las ao Pai, e tudo muda, acontece um conforto, 
um acalento suave e potente, bem mágico mesmo.
É nos estreitos da vida que alargamos a Fé.
É quando nos deixamos cair nos braços do Pai que permanecemos de pé.

Joany Talon

Nenhum comentário:

Postar um comentário